Técnica pomodoro: o que é e como usá-la para melhorar sua gestão de tempo

Técnica pomodoro para produtividade

Você já ouviu falar da técnica pomodoro? Ela pode te ajudar bastante. Com os dias cada vez mais cheios de tarefas e compromissos, é fácil se enrolar e chegar no fim do dia com aquela sensação de “não fiz nada”.

Mas o que exatamente é a técnica pomodoro, como aplicá-la e quais podem ser os benefícios para você? Leia nosso artigo até o fim e descubra o que você precisa para começar a usá-la. Boa leitura!

O que é a técnica pomodoro?

A técnica é bem simples e bem famosa também. Ela foi inventada pelo italiano Francesco (ou Frances) Cirillo na década de 80 com o objetivo de evitar distrações enquanto ele se empenhava numa tarefa. O nome da técnica vem do timer de cozinha (em formato de tomate ou “pomodoro”) que ele usava para gerenciar o tempo.

De modo geral, o método usa o tempo como “aliado” e equivale em dividir nosso dia em blocos de 25 minutos (“pomodoros”), com pequenos intervalos entre eles. Por que 25 minutos? Porque segundo os estudos de Cirillo este é o tempo ideal para esses blocos serem funcionais e produtivos.

A técnica se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos menores podem melhorar a agilidade do nosso cérebro e estimular o foco.

Como aplicar?

Essa é uma técnica de gerenciamento de tempo. Portanto é importante que ao começar você tire tempo para planejar, controlar o tempo, registrar o executado e analisar a evolução das tarefas. Veja o passo a passo para seguir a técnica:

  1. Escolha a tarefa a ser executada;
  2. Ajuste o cronômetro para 25 minutos;
  3. Trabalhe na tarefa escolhida até que o alarme toque;
  4. Quando o alarme tocar, verifique se completou a tarefa;
  5. Faça uma pausa curta (5 minutos);
  6. Depois de concluir quatro blocos de 25 minutos de trabalho, faça uma pausa mais longa (30 minutos).

A ideia é repetir isso todos os dias até ganhar prática na execução. Com o passar do tempo você começa a identificar quanto tempo necessita para realizar suas atividades e consegue gerenciar melhor seu tempo e se organizar melhor.

Se no meio de um pomodoro você tiver uma ideia, ou se lembrar de outra coisa que precisa fazer, anote num papel e continue o que está fazendo. Um dos objetivos é aprender a se concentrar naquilo que está fazendo no momento.

Quais os benefícios dessa técnica?

Essa técnica pode trazer muitos benefícios. Os principais deles são: ajudar a evitar a procrastinação e aumentar a produtividade. Como ela faz isso?

Bem quando você se propõe a executar uma tarefa sem distrações em 25 minutos, seu objetivo passa a ser concentrar-se ao máximo para realizar a tarefa no tempo determinado bem como anotar as distrações que ocorreram durante esse período.

É claro que nem todas as tarefas podem ser completamente concluídas em 25 minutos. Talvez sejam necessários alguns “pomodoros” até completá-la. Mas a questão é que você se concentre naquela até terminar sem ficar pulando de uma tarefa para outra ou começar e acabar daqui 2 dias…

Um lembrete importante é que como sempre digo, você deve tentar adaptar o método a sua realidade. Dependendo do tipo de tarefa que você precisa realizar, talvez períodos de 25 minutos não sejam muito produtivos. Por exemplo tarefas criativas: a inspiração nem sempre aparece no momento que a gente quer, nem mesmo em 25 minutos.

E aí, vamos tentar? Confesso que ainda não experimentei essa técnica pomodoro usando os períodos de 25 minutos sugeridos, mas quero tentar. Vamos juntas? O que você achou de conhecer essa técnica? Comenta aqui com a gente.

 

Inscreva-se em nossa newsletter

Novidades, promoções e dicas para uma vida mais leve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *